COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Amanhã, 13 de julho, a partir das 08h30, no campus da Universidade Federal de Rondônia (Unir), será feita a abertura do IV Congresso Nacional da Comissão Pastoral da Terra (CPT), com o tema/lema “Faz Escuro, mas eu Canto... Memória, Rebeldia e Esperança dos pobres da terra”.

 

(Foto: Douglas Mansur)

Uma grande celebração inspirada nos símbolos da Amazônia dará as boas vindas aos cerca de mil participantes que vieram de todos os estados do Brasil para o Congresso.

Dom Enemésio Lazzaris, presidente da CPT, e uma trabalhadora de Rondônia acolherão os participantes.

Ao encerrar a celebração de acolhida, falarão Dom Benedito Araújo, administrador apostólico da arquidiocese de Porto Velho e representante da CNBB; a reitora da Unir, Professora Doutora Maria Berenice Tourinho; a pastora Jandira Kepper, da Igreja Luterana do Sínodo da Amazônia; Dom Antônio Possamai, bispo emérito de Ji-Paraná (RO) e Leila Denise, militante do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), que falará em nome da Via Campesina Brasil. Fechando esse momento falará Dom Moacyr Grechi, arcebispo emérito de Porto Velho (RO) e coordenador do processo de fundação da CPT, em 1975.

O Brasil em que vivemos

Em seguida haverá uma mesa de análise de conjuntura, com Leonilde Medeiros, professora da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ); Plácido Junior, geógrafo e agente da CPT Nordeste II; Cacique Babau, do povo Tupinambá do sul da Bahia e Maria de Fátima, da Articulação Nacional dos Quilombolas.

A programação seguirá, no período da tarde, com a apresentação de 21 experiências apresentadas pelos regionais da CPT de todo o país, dentro do eixo Memória, em que serão lembrados momentos marcantes da história das lutas camponesas e da ação da CPT junto aos povos do campo nesses 40 anos.

O evento seguirá até o dia 17 de julho, no Campus da Unir, em Porto Velho (RO).

Mais informações:

Cristiane Passos (assessoria de Comunicação do IV Congresso Nacional da CPT) – (69) 9368-1171

Acesse todas as informações do Congresso aqui

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir