COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Hoje, 25 de julho, é celebrado nacionalmente o Dia do Trabalhador e da Trabalhadora Rural. A comemoração da data, fruto do trabalho de difusão da Comissão Pastoral da Terra (CPT), tem o objetivo de dar visibilidade aos aspectos da cultura camponesa e das experiências de agricultura familiar que são alternativas diante da força do modelo destrutivo de produção estabelecido pelo Agronegócio no Brasil.

 

Antes lembrado como ‘Dia do Colono’, criado em 1924 para marcar a data do centenário da chegada dos colonos alemães ao Rio Grande do Sul, o 25 de julho inicialmente se popularizou na região sul do país. Hoje também conhecido como dia do camponês e da camponesa ou do agricultor e da agricultora, a efeméride é comemorada em diversas comunidades, tanto camponesas quanto urbanas, com celebrações em que a partilha é a marca de um ato de fé e de agradecimento das pessoas. Caminhadas, festas da colheita, momentos de estudo e reflexão fazem parte dos eventos celebrativos.

Como não poderia deixar de ser, integrando as ações da Campanha #CPT40Anos, a Comissão Pastoral da Terra pretende aproveitar a data para, durante essa semana, movimentar as redes sociais de internet com ações e publicações especiais sobre a cultura camponesa e as diferentes práticas e curiosidades que envolvem a agricultura familiar. Usando a hashtag #VivaCulturaCamponesa, você pode participar acompanhando as publicações e contribuindo com o envio de informações em rede.

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir