COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

A Força Nacional de Segurança Pública está em operação na área do acampamento. Policiais estariam ameaçando os acampados de expulsão

Assessoria de Comunicação - CPT Nacional / Com informações da CPT Regional Acre

Desde a segunda-feira (19), moradores do Acampamento Marielle Franco, em Boca do Acre (AM), relatam a presença de viaturas da Força Nacional. Segundo informado, estão no local cerca de 80 homens, em uma operação que seria vinculada ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

No acampamento vivem mais de 200 famílias, em uma área de litígio conhecida como Fazenda Palotina. Ainda conforme os acampados, os policiais da Força Nacional estariam ameaçando as famílias, que seguem apreensivas sob a possibilidade de serem expulsas.

A Força Nacional de Segurança Pública é um programa de cooperação de Segurança Pública brasileiro é comendado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

A assessoria de imprensa do Ministério foi procurada para explicar a finalidade da operação, e enviou a seguinte nota:

"A Força Nacional de Segurança Pública atua no município de Boca do Acre, no Amazonas, desde 17 de setembro, em apoio a Operação Guardiões do Bioma, Ibama e ICMBio. No local, os militares agem para garantir a ordem pública e a segurança das pessoas e do patrimônio.

A Operação foca na repressão ao desmatamento ilegal e demais crimes ambientais e de combate aos incêndios florestais e queimadas, na área que compreende a Amazônia Legal."