COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Conflitos

NOTA PÚBLICA - Fazendeiro mandante do assassinato de líder rural é preso no Pará

NOTA PÚBLICA - Fazendeiro mandante do assassinato de líder rural é preso no Pará

A Comissão Pastoral da Terra no Pará (CPT-PA) divulga, nesta segunda-feira, 10, Nota Pública sobre a prisão do fazendeiro José Carlos Silva, identificado pela Polícia Civil como mandante do assassinato da liderança da ocupação da “Fazenda Pontal”, no município de Santa Maria das Barreiras (PA), Juvenil Martins Rodrigues, conhecido como “Foguinho”. Silva é irmão do ex-governador e atual deputado federal pelo estado de Goiás, Alcides Rodrigues Filho, recentemente condenado a 10 anos e 10 meses de prisão pela prática de crimes eleitorais. Confira o documento:

Leia mais:

“Nós vamos ficar com a morte e a doença”: Em Sento Sé (BA), comunidades ribeirinhas temem empreendimento de mineração

“Nós vamos ficar com a morte e a doença”: Em Sento Sé (BA), comunidades ribeirinhas temem empreendimento de mineração

A comunidade de Pascoal, localizada no município de Sento Sé, no norte do estado baiano, foi uma das atingidas pela construção da hidrelétrica de Sobradinho. Ao todo, na região, mais de 70 mil pessoas foram expulsas das suas comunidades e territórios no final da década de 1970. Quarenta anos depois, o fantasma do desenvolvimento volta a assombrar a população de Pascoal e as comunidades vizinhas, Limoeiro e Aldeia. A notícia de que a anglo-australiana Colomi Iron Mineração vai investir R$ 11 bilhões em um projeto de exploração de minério de ferro no município está tirando o sono das comunidades. O sentimento é de medo!…

Leia mais:

NOTA PÚBLICA - Dois anos do massacre de Pau D'Arco: É preciso pôr fim à barbárie no campo!

No dia 24 de maio de 2017, 10 trabalhadores e trabalhadoras rurais foram assassinados na fazenda Santa Lúcia, no Pará. O episódio ficou conhecido como Massacre de Pau D'Arco. 17 policiais, civis e militares, foram os responsáveis pela execução dos trabalhadores. A justiça inocentou um dos policiais. Até o momento, apenas os executores respondem a processo criminal – e nenhum deles foi preso. Os mandantes ainda não foram identificados. 

Attachments:
PUBLIC NOTE[ ]98 kB…

Leia mais:

Lançado ontem (15) Conflitos no Campo Brasil 2018 na Faculdade de Direito da UFG

Lançado ontem (15) Conflitos no Campo Brasil 2018 na Faculdade de Direito da UFG

Após ter feito parte das manifestações da Greve contra os cortes na Educação, que reuniu, segundo os organizadores, em torno a 25.000 pessoas, um grupo de mais de 60 pessoas ainda teve fôlego para participar do lançamento do Conflitos no Campo 2018, na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiás, em Goiânia (GO). O evento foi promovido pela CPT Goiás, em conjunto com o Observatório da Justiça Agrária, e o Curso de Mestrado em Direito Agrário da UFG.…

Leia mais: