COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

A antiga capital do estado de Goiás acolhe nesta quinta-feira, dia 13, “O grito e a resistência no Cerrado: sabores, saberes e fazeres dos povos deste chão”. Sempre presente na Semana do Cerrado, a atividade tem como tema neste ano a “Cultura Camponesa”. Livro sobre a temática será lançado.

 

(Fonte/Imagem: CPT Goiás)

O encontro tem como objetivo promover a valorização pessoal e coletiva dos povos tradicionais do Cerrado goiano, seus saberes e fazeres, e proporcionar o intercâmbio entre as várias comunidades da cidade e do campo, além de envolver estudantes da rede pública e particular, e oferecer acesso à informação sobre a melhoria alimentar e as práticas populares de saúde.

Esse evento também apresenta os diversos resultados da agricultura camponesa, inclusive de experiências agroecológicas no município e região.

Desta forma, “O grito e a resistência no Cerrado” contribui para a melhoria ambiental global, ao buscar a proteção do Cerrado, sua biodiversidade e suas águas, por meio da proteção da cultura das populações tradicionais e suas relações saudáveis com o ambiente em que vivem, evidenciando e estimulando as ações de manejo sustentável em contraponto ao desmatamento.

Ao longo do encontro, diversas atividades acontecem simultaneamente no espaço montado atrás da Catedral de Santana, no centro da Cidade de Goiás (GO), e nos jardins Palácio Conde dos Arcos. São palestras, exposições fotográficas, apresentações culturais, oficinas de preparação de garrafadas medicinais, raizeiros, benzedeiras, fiandeiras, violeiros, folia, demonstração de produção de artesanatos em cerâmica, distribuição de sementes e mudas do Cerrado.

SAIBA MAIS: Cidade de Goiás (GO) recebe o encontro “O grito e a resistência no Cerrado”

3º Grito e resistência no Cerrado: saberes e fazeres dos povos deste chão - Agricultura familiar

Cuiabá acolhe 1º Romaria dos Povos e Comunidades do Cerrado e Grito dos Excluídos

Nesta edição também será lançado o livro Cultura Camponesa, resultado de um concurso de redação.

“O grito e a resistência no Cerrado: Sabores, saberes e fazeres dos povos deste chão” é uma realização da Diocese de Goiás, através das Pastorais da Terra e da Saúde e de dezenas de outros parceiros, apoio das escolas da cidade, movimentos sociais do campo, entidades da sociedade civil e instituições de ensino superior.

Este ano a ação tem o apoio e parceria da Sociedade Ação Comunitária e Cidadania da Cidade de Goiás, através do Projeto Sabores, Saberes e Fazeres do Povo Rural e do Interior, apresentado e apoiado pelo Fundo Estadual de Arte e Cultura de Goiás – SEDUCE.

Confira a programação completa do evento:

SERVIÇO

“O grito e a resistência no Cerrado: sabores, saberes e fazeres dos povos deste chão”

Local: Travessa da Catedral, s/no – Cidade de Goiás (GO) / Entrada franca

Quando: Quinta-feira, 13 de setembro de 2018, das 8 às 22h30

Mais informações: Aguinel Fonseca (62) 99651-1676

Maria Luiza da Silva Oliveira (62) 3371-4736

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir