COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

Encontro em São Luís do Maranhão reúne trabalhadores, comunidades tradicionais e CPT's da região amazônica para troca de experiências e partilha das lutas. O Encontro será encerrado hoje, 31 de maio.

 

Maranhão, Mato Grosso, Pará, Tocantins, Rondônia e Roraima, estão reunidos em São Luiz –MA, com assessoria do Professor Elder Andrade de Paula da Universidade Federal do Acre, para debaterem o tema “Saberes e Resistências dos Povos da Amazônia.

 

O encontro teve início na última terça-feira, 29 de maio, com a distribuição de presentes aos participantes, com muita animação e cantos de luta, e segue até hoje, dia 31, em São Luís, Maranhão.

Estão presentes mais de 40 pessoas entre: ribeirinhos, extrativistas, quilombolas, seringueiros, pescadores, posseiros, camponeses e agentes da Comissão Pastoral da Terra/CPT.

Um dos objetivos deste encontro é proporcionar momento para troca de experiências e partilha das lutas, desafios e resistência, a partir da dinâmica do trabalho em grupo: quem somos? quais são as ameaças e perspectivas que temos?

Na presentificação os participantes colocaram suas expectativas para o encontro, através de símbolos (sementes, sapatos de borracha de seringa, castanha da Amazônia, madeira, boi-bumbá, boi do fogo dos quilombolas, balança de duas conchas, rede, e vários artesanatos) e emoções expressas no olhar de cada um e cada uma.

Na parte da tarde, socialização do trabalho em grupo e debate.

“Eu estava na dúvida sobre o que eu vinha aprender aqui, agora eu sei, eu vim aprender mais sobre as minhas próprias raízes.” João Manoel de Lima - ribeirinho do Acre.

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir