COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Em julho de 2015, 73 famílias ligadas à Associação Nova Canaã do Futuro, que não pertence a nenhum movimento social, ocuparam território da Fazenda Vilhena do Pensamento em Vilhena (RO). Tendo sido uma ocupação irregular que teria sido possivelmente denunciada por trabalhadores rurais da região, houve reintegração de posse em 15 de outubro de 2015. Dois dias depois, a vingança veio no assassinato a tiros de cinco trabalhadores rurais em suas residências que também foram queimadas: Dagner Lemes Pereira, Daniel Aciari (Ceará), José Bezerra dos Santos, João Fernandes da Silva e João Pereira Sobrinho. Atualmente, ainda, vários grupos pleiteiam a área.

Crédito dados: CEDOC Dom Tomás Balduino / CPT

Conteúdo sob licenciamento Creative Commons