COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Seis pessoas foram torturadas e assassinadas após sequestro comandado por “Sebastião da Teresona”, pistoleiro a serviço de vários fazendeiros paraenses, especialmente na região de Xinguara. Foram mortos o posseiro e líder sindical Lázaro Pereira Sobrinho, os posseiros José Francisco de Souza (conhecido como Antônio Tropeiro ou Carroceiro) e Ercílio Francisco Xavier, além de três peões não identificados. Eles foram torturados e presos na Fazenda Fortaleza antes de serem assassinados. Na ocasião também foram queimadas pelo menos 16 casas e pertences foram roubados pelos pistoleiros. O vereador Valdir Lemos Machado (PMDB-Xinguara), munido por dossiê da CPT, denunciou o caso ao Ministério da Justiça, que prometia atenção e visitas à área que compreende a região Araguaia-Tocantins.

Crédito dados: CEDOC Dom Tomás Balduino / CPT

Conteúdo sob licenciamento Creative Commons