COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Três integrantes do Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST) foram encontrados mortos com tiro na cabeça na rodovia estadual MG-455, próximo ao distrito de Miraporanga em Uberlândia (MG): Nilton Santos Nunes, Valdir Dias Ferreira e Celestina Leonor Sales Nunes. Uma criança, neta de Nilton e Celestina e sobrinha de Valdir, de apenas 5 anos, estava no carro em que foram mortos e foi encontrada pelos bombeiros em estado de choque. Seis pessoas foram apontadas no inquérito policial. Quatro foram condenadas em junho de 2015 há 99 anos de prisão e as outras duas inocentadas. Se não a mando por disputa de terra, o crime teria ocorrido por vingança a Celestina, que teria denunciado o tráfico de drogas pelo grupo que promoveu a chacina.

(TV Integração)

 

Crédito dados: CEDOC Dom Tomás Balduino / CPT

Conteúdo sob licenciamento Creative Commons