COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Conhecido internacionalmente, o caso Magave remete ao massacre de cinco integrantes desta família, mortos brutalmente e esquartejados na fazenda Campo Alegre: Nadir Vieira de Castro Magave, Iracy de Castro Magave, Osmar de Castro Magave, Áurea Cambraia de Castro Magave e Alcides de Castro Magave, que ocupavam as terras desde os anos 1950 tendo documento de regularização pelo INCRA desde 1975 sobre seus 571 hectares de terra, foram assassinados entre os dias 03 e 04/02/1994. Os limites da propriedade eram questionados pelos vizinhos Aderbal Távora e a empresa Santa Clara. A investigação condenou quatro pistoleiros envolvidos no crime, que depois foram beneficiados com reduções de pena. Já Aderbal Távora, acusado de ser o mandante, foi preso preventivamente, mas morreu com câncer em 1996.

Crédito dados: CEDOC Dom Tomás Balduino / CPT

Conteúdo sob licenciamento Creative Commons