COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

 Ruben Siqueira

Paulista de origem (Aparecida-SP, 1956), de coroinha na Basílica Nacional foi para o Seminário Redentorista, em 1969, onde concluiu o ginásio (Tietê-SP) e o colegial (Aparecida-SP), graduou-se em Filosofia e Pedagogia (Aparecida / Lorena-SP) e cursou Teologia (ITESP/SP) até o segundo ano. Em 1980, foi para a diocese de Juazeiro-BA, em companhia de outros colegas, atraídos pela pastoral popular liderada por Dom José Rodrigues de Souza, por muitos anos bispo acompanhante da CPT Regional. Lá chegando logo aderiu à Pastoral da Terra. Atuou por cinco anos na paróquia de Campo Alegre de Lourdes, imerso nas CEBs, nas Pastorais Sociais, nas lutas de terra, sindicais e pela convivência com o semiárido, num quadro de grave seca (até 1983). Em João Pessoa-PB (1986-7) fez Mestrado em Ciências Sociais, estudando o movimento camponês de resistência à barragem de Sobradinho. Foi coordenador da CPT Diocesana de Juazeiro, entre 1988 e 1994, quando assumiu em Goiânia a assessoria sociológica da CPT Nacional. De volta à Bahia em 1998, residindo em Lauro de Freitas, foi coordenador da CPT Regional até 2005, quando assumiu a articulação geral do Projeto São Francisco, parceria da CPT (MG, BA e NE2) com o CPP (Conselho Pastoral dos Pescadores), a serviço da Articulação Popular São Francisco Vivo, projeto que se encerra em abril de 2015. Foi eleito para a coordenação executiva nacional na XXVII Assembleia Nacional da CPT, que aconteceu em Luziânia (GO), em março de 2015.