COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Pelo 18º ano consecutivo, a Comissão Pastoral da Terra em Alagoas (CPT-AL) realiza, nesta sexta-feira, 7 de abril, a partir das 8 horas, o Jejum em Solidariedade aos que passam fome e outras necessidades no mundo. Sob o tema cultivar e guardar a criação, agentes pastorais, camponeses e religiosos ficarão sem se alimentar no prédio do Incra, localizado no Edifício Walmap, na Rua do Livramento, Centro de Maceió.

 

(Fonte: CPT Alagoas)

Tradicionalmente realizada na sexta-feira que antecede a Semana Santa, a atividade se baseia na palavra bíblica de Isaías, que já antes de Cristo, falava sobre a importância da solidariedade e, ao mesmo tempo, defendia o Jejum em prol de quem passa fome e sofre com as injustiças. “O jejum que eu quero é este: acabar com as prisões injustas, desfazer as correntes do jugo, pôr em liberdade os oprimidos e desfazer qualquer jugo” (Is 58,6).

Este ano, o Jejum da solidariedade lembra em seu tema a campanha da fraternidade da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Durante todo o dia, acotecem leitura bíblica, cântigos e reflexões coordenadas por católicos. Este ano, a programação conta também com o pastor Marcos Monteiro da Igreja Batista do Pinheiro.

Confira a Programação:

8h – Celebração inicial: O sentido do Jejum – Irmã Cícera Menezes (CPT)

9h – Cultivar e Guardar a Criação – Irmã Gelda (Sagrado Coração de Jesus)

12h – Somos chamados a cultivar e guardar a criação – Carlos Lima (CPT)

15h – Terra e Justiça – Pastor Marcos Monteiro (IBP)

17h30 – Celebração final: O pão que desce do céu (maná)

Serviço

Jejum da Solidariedade

Dia 7 de abril de 2017

Das 8h às 18h

Local: Incra, Edifício Walmap - Rua do Livramento, Centro - Maceió/Alagoas

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir