COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

O florescer da primavera feminista no agreste paraibano

O florescer da primavera feminista no agreste paraibano

Impulsionadas pelo desejo de “sair de casa”, extrapolar o espaço doméstico, e com a consciência de que sem a participação feminina não se desenvolve a agroecologia, as agricultoras se uniram e reivindicaram seu espaço de fala, de ação e de atuação política.

Leia mais: