COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

42ª edição do evento será no município de Itacurubi, na região Central gaúcha, no dia 5 de março, próxima terça-feira. O Assentamento Conquista da Luta também acolhe o 14º Acampamento da Juventude da Romaria da Terra, que reunirá cerca de 200 jovens de diversos municípios nos dias 3 e 4 de março. Eles estão organizados na Pastoral da Juventude, Levante Popular da Juventude, MST, Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), dioceses e CPT.

(Página do MST)

A 42ª Romaria da Terra do Rio Grande do Sul será realizada na próxima terça-feira (5) em Itacurubi, município localizado na região Central do estado e a mais de 500 quilômetros de Porto Alegre. Desta vez, quem sedia é o Assentamento Conquista da Luta, onde vivem 160 famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). O tema é “Alimentação Saudável — Identidade, resistência e direitos”, e o lema “Para que todos tenham vida”.

A Romaria da Terra é itinerante, por isso acontece a cada ano em uma localidade diferente. Esta é a primeira vez que Itacurubi recebe o evento, promovido pela Comissão Pastoral da Terra (CPT). A 42ª edição tem o apoio do MST, da Diocese de Uruguaiana, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e da prefeitura do município.

O Assentamento Conquista da Luta foi criado em 18 de dezembro de 2006, em uma área de 3.730 hectares. Ele está situado a 20 quilômetros do perímetro urbano de Itacurubi. As famílias produzem diversidade de alimentos para autoconsumo e lidam, principalmente, com leite e hortaliças orgânicas para comercialização. Segundo o camponês Mário Padilha, sediar a Romaria da Terra pela primeira vez é motivo de orgulho para os assentados. “A nossa expectativa é boa, estamos esperando de 3 a 5 mil pessoas”, ressalta.

Conforme Maurício Queiroz, da coordenação estadual da CPT, romeiros e romeiras de todo o estado se encontrarão para caminhar juntos, celebrar e fortalecer a luta do povo em defesa da vida. “Será um momento especial da igreja do Rio Grande do Sul para celebrar a fé e fortalecer a esperança e o ânimo do povo”, afirma.

Além da celebração e tradicional caminhada dos romeiros, o evento conta com intervenção sobre o tema da alimentação saudável, partilha de alimentos, tendas com exposição e venda de produtos variados. Também terá tribuna Popular, com depoimentos de camponeses e manifestações de representantes de diversas organizações.

Acampamento da Juventude

O Assentamento Conquista da Luta também acolhe o 14º Acampamento da Juventude da Romaria da Terra, que reunirá cerca de 200 jovens de diversos municípios nos dias 3 e 4 de março. Eles estão organizados na Pastoral da Juventude, Levante Popular da Juventude, MST, Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), dioceses e CPT.

O evento será um espaço de formação, reflexão e organização dos jovens que buscam construir uma nova sociedade, com valores de comprometimento com a terra, a permanência no campo e a produção de alimentos saudáveis. Para isso, trabalhará o tema da Romaria da Terra e os desafios da luta da juventude.

Conforme a militante Sem Terra Sara Ferreira, o acampamento pautará a atual situação do país e discutirá como os movimentos populares e as pastorais se colocarão em posição de resistência e em trabalho de base. “Vamos debater a reforma da previdência e os direitos humanos que estão sendo atacados pelo novo governo”, acrescenta.

A programação conta ainda com estudos e debates sobre outros temas, visita aos lotes das famílias assentadas, Celebração dos Mártires e atividades culturais. No dia 5, os jovens farão a acolhida aos romeiros.


Programação da 42ª Romaria da Terra – 05/03/2019


7h00 – Concentração de romeiros na Escola Florentino Dutra, em Rincão dos Boeiras

8h00 – Acolhida aos romeiros

8h30 – Início da celebração e caminhada até a sede do Assentamento Conquista da Luta

12h00 – Partilha de alimentos, seguida de Tribuna Popular

16h00 – Celebração Ecumênica de envio aos romeiros