COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

Com o tema “Povos do Cerrado, Soberania em defesa da Vida” e lema “Tomou, pois, o Senhor Deus o homem e a mulher e os colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar”, a 14ª Romaria da Terra e das Águas de Goiás foi realizada no dia 5 de junho, em Anicuns (GO).

 


No dia 5 de junho foi realizada, na cidade de Anicuns (GO), a 14ª Romaria da Terra e das Águas. A CPT Goiás e a Diocese de São Luís de Montes Belos (GO), organizadores do evento, receberam romeiros e romeiras vindos de todas as partes do estado, para celebrar este grande momento. A Romaria é um momento de fazer memória à luta do povo pela terra, aos mártires, mulheres e homens, camponeses, negros e índios, que doaram suas vidas na busca da tão sonhada reforma agrária e na garantia de seus direitos. Nesse ano, a 14ª Romaria da Terra e das Águas trouxe como tema “Povos do Cerrado, Soberania em defesa da Vida” e como lema “Tomou, pois, o Senhor Deus o homem e a mulher e os colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar”. (Gn 2, 15). O propósito da Romaria foi o de denunciar as práticas de destruição do Cerrado e a violência contra os povos que vivem nele, como os sem-terra, sem água, sem moradia, sem saúde, sem educação, sem trabalho, sem oportunidade de vida digna, e anunciar um outro caminho, de comunhão com o meio ambiente, de justiça no campo, de Reforma Agrária e de Liberdade.

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir