COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

 

 

 

“Vinte anos de caminhada com padre Josimo”. O lema da 9ª Romaria da Terra e da Água Pe. Josimo revela o sentimento que prevaleceu durante a caminhada realizada, do dia 8 a 10 de maio de 2004, no Lago Verde, Axixá do Tocantins, TO. A Romaria foi promovida pela CPT Araguaia/Tocantins e a Coordenação Sindical do Bico do Papagaio.

 


“Vinte anos de caminhada com padre Josimo”. O lema da 9ª Romaria da Terra e da Água Pe. Josimo revela o sentimento que prevaleceu durante a caminhada realizada, do dia 8 a 10 de maio, no Lago Verde, Axixá do Tocantins, TO. A Romaria foi promovida pela CPT Araguaia/Tocantins e a Coordenação Sindical do Bico do Papagaio.

 

Durante os três dias, mais de mil romeiros e romeiras fizeram memória dos dramáticos despejos realizados há 20 anos atrás contra posseiros estabelecidos nos povoados vizinhos de Centro dos Canários e Espírito Santo. Conflito que culminou com a morte de padre Josimo Morais Tavares, em 10 de maio de 1986, em Imperatriz, MA.

 

Na época, a pequena comunidade de maranhenses de Lago Verde havia solidariamente acolhido os despejados. Com seu mesmo jeito simples, o povoado se multiplicou para acolher a multidão de romeiros vindos de todas as dioceses do Tocantins, bem como do Pará, Maranhão, Goiás e Mato Grosso. Redes e barracas tomaram conta do povoado. A participação dos jovens, organizados na Pastoral da Juventude Rural, se destacou. Oficinas e celebrações se sucederam debaixo de uma enorme tenda de circo, nomeada “Tenda de Deus”, erguida no campo de futebol.

 

O início da Romaria foi presidido por Dom Tomás Balduino, presidente da Comissão Pastoral da Terra, e o pároco de Axixá, Pe. Pedro, uma emocionante noite da memória recordou a atuação profética de Pe. Josimo, neste período tão conturbado. Naquela tenda do povo de Deus - tão simbólica da realidade ali vivida - em clima de muita fé e esperançosa alegria, ecoaram as palavras do salmo composto por Pe Josimo, em 1983, com o nome: O servo fiel ao Mestre até o fim.

 

Na missa de encerramento, concelebrada na igrejinha lotada de Buriti do Tocantins, ao lado do túmulo de Pe Josimo, Dom Heriberto Hermes, bispo da Prelazia de Cristalândia, TO, recordou que nos primeiros tempos da Igreja, podia-se canonizar alguém pela vox populi. Santo Josimo!

 

Frei Xavier Plassat

CPT Araguaia/Tocantins

Gostou dessa informação?

Quer contribuir para que o trabalho da CPT e a luta dos povos do campo, das águas e das florestas continue? 

Clique aqui e veja como contribuir