Conflitos no Campo

Cadastro Informativo

Seção de Vídeos

Cerca de 125 índios xavantes ocupam a fazenda Oeste, em Alto Boa Vista, região do baixo Araguaia, interior de Mato Grosso. Os indígenas reivindicam a terra Maraiwatsede, ocupada por fazendeiros há mais de quatro décadas. Eles alegam que a recente invasão ocorreu porque a terra estaria sendo arrendada para outras pessoas formarem mais pasto.



A disputa pela terra é um das mais antigas do Brasil. Na década de 60, os índios xavantes foram retirados da área e levados para uma aldeia distante 400 km da região, com ajuda do governo federal. Desocupada, a terra dos índios foi vendida. Mas a justiça reconheceu o direito dos xavantes ocuparem a reserva, tida como sagrada. Só que os fazendeiros permanecem no local com ajuda de recursos que suspendem a decisão judicial.

O cacique Damião Paradzane disse que só vão deixar a fazenda após conversar com representantes Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). O coordenador regional da Fundação Nacional do Índio (Funai), Denivaldo da Rocha, que está no local, informou que representantes do Incra devem chegar ainda esta semana na reserva. 



e-max.it: your social media marketing partner